BACHAREL EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

PERFIL DO CURSO

O curso atendendo às diretrizes propostas na LDB nº 9394/96 pretende, por meio do desenvolvimento da prática pedagógica de seus docentes, disponibilizar aos seus discentes o acesso às informações, aos resultados e pesquisas nas múltiplas facetas do conhecimento e do fazer humano que contribuem para a revolução no campo educacional e, consequentemente, social.
A formação de uma consciência interdisciplinar e o trabalho de equipe envolvendo discentes e docentes, vêm direcionar os objetivos da instituição em função dos problemas que o desenvolvimento sócio-político-econômico regional nos apresenta.
Com esse intuito a Faculdade, em conformidade com o Projeto Pedagógico do curso de Sistemas de Informação, procurará desenvolver programas de ensino, pesquisa e extensão, que visem à interação do aluno com a comunidade, observando as características e peculiaridades do estágio de desenvolvimento da região de abrangência da Instituição, do país e das condições prevalentes do nosso sistema educacional, acreditando que:
O atual indicador socioeconômico brasileiro aponta a emergente necessidade de profissionais que fomentem o conjunto de demandas técnico científico que abrange a área da Computação. Tal carência legitima a responsabilidade de instituições com a missão, como a da Faculdade, de criar cursos que ofertem a oportunidade de formação profissional de qualidade, articulada com as constantes mudanças da ciência e da tecnologia, possibilitando a inserção ativa e autônoma dos indivíduos no mundo do trabalho. O campo de ensino abrangido pelo curso vem tendo sua qualidade cada vez mais controlada pelo MEC. Foram estabelecidos claros indicadores mínimos de qualidade relativos aos objetivos do curso, aos recursos humanos efetivamente atuantes e à infraestrutura disponível que, uma vez atendidos, constituem um pressuposto de sucesso na oferta do curso. O corpo docente da área de Computação da Faculdade, constituído preferencialmente por mestres e doutores, e a infraestrutura computacional e bibliográfica, são fatores que colocam a Horizonte em posição de destaque como efetiva impulsionadora do desenvolvimento da formação de profissionais em Computação. Dentro da Computação, a área de Sistemas de Informação defronta-se com os novos desafios da competitividade global e da inovação tecnológica, dada a complexidade com que se reveste a sua interdisciplinaridade com diversas áreas de conhecimento e de formação profissional. A orientação às aplicações da Informática do presente curso requer uma parcela considerável de horas aulas em atividades voltadas à comunidade, na busca de novas áreas de demanda profissional e no intuito de maior habilitação dos estudantes para sua futura atividade profissional. Este projeto pedagógico contém o detalhamento das condições para o adequado funcionamento do Curso de Sistemas de Informação na Faculdade Horizonte.

PERFIL DO EGRESSO

O perfil do egresso configura-se a partir dos delineamentos próprios das diretrizes de cada curso, com prévio estabelecimento pelos órgãos superiores da educação, de tal forma que, para cada curso, são projetados perfis que se alteram conforme a ênfase curricular, as necessidades do mercado e os interesses das demandas iniciais.
O Bacharel em Sistemas de Informação atua no desenvolvimento de soluções para os processos de negócios, planejando e gerenciando informações e a infraestrutura de computação nas organizações. Ele cria sistemas informatizados e bancos de dados, programa de computadores e elabora softwares com as mais diversas aplicações. Também cuida da manutenção e da atualização dos computadores e programas das empresas e organizações, além de dar suporte técnico aos usuários.
Nosso graduado deve demonstrar junto à sociedade uma formação humanística, na qual a sensibilidade, a solidariedade e a ética sejam padrões comportamentais evidenciados em suas ações, e identificar-se como um profissional que adquiriu e/ou desenvolveu:

  • formação técnica e prática duradoura, indispensável à adequada compreensão interdisciplinar dos fenômenos que fundamentam e acompanham as transformações sociais e as relações na sociedade;
  • conceitos relacionados à responsabilidade social, com a compreensão da causalidade e finalidade das normas em sociedade e a busca constante da superação do homem em relação ao seu aprimoramento pessoal e social;
  • capacidade de apreensão, transmissão crítica e produção criativa do saber, aliada ao raciocínio lógico, à consciência da necessidade de permanente atualização;
  • em sua consciência, as visões atualizadas de mundo, sendo capaz de equacionar situações-problema, superar desafios, ser empreendedor, por meio de condutas harmônicas, pacíficas e condizentes com as exigências sociais.
  • comportamento humano e ético;
  • conhecimento econômico, financeiro e contábil;
  • conhecimento organizacional;
  • conhecimento lógico-matemático;
  • conhecimento jurídico;
  • estágios e treinamentos;
  • gestão de pessoas e de negócios;
  • pesquisa e mercado;
  • planejamento e processo decisório;
  • tecnologia da comunicação e informação;
  • teoria e pensamento administrativo; e
  • comunicação e expressão.

MERCADO DE TRABALHO

O profissional formado em Sistemas da Informação pode atuar em qualquer tipo de empresa de quase todos os setores existentes tendo sua maior demanda concentrada nos grandes centros urbanos onde se localizam as principais empresas de desenvolvimento de software. Algumas áreas de atuação para esta área são: Criação de aplicativos para tablets, smartphones e computadores pessoais, gerenciamento empresarial, e-commerce, prestação de serviços, desenvolvimento de softwares, ensino, fluxo de informações, gerência de projetos, logística, marketing e vendas, modelagem, segurança da informação (em empresas diversas como instituições bancárias, por exemplo) além de suporte técnico.
Em geral o salário inicial nesta área é em média R$2000,00 dependendo da especialização e tipo de serviço prestado.
A área de abrangência da Faculdade Horizonte inclui o Distrito Federal e entorno, região geoeconômica com uma população de aproximadamente três milhões de pessoas.
No Distrito Federal, predomina o setor terciário da economia, que possibilita ao egresso do curso de Sistemas de Informação um espectro de atividades abrangente, com destaque para as seguintes áreas de atuação:
Profissional liberal: com a terceirização favorecida pelas modernas relações de trabalho.
Empregado: o profissional de sistemas.
Servidor público: além de poder fazer parte do quadro do Governo do Distrito Federal, o egresso do curso de Sistemas de Informação da Faculdade tem o privilégio de residir na capital do País, o que favorece oportunidades de emprego no serviço público federal através de concursos regulares, com a ocupação de cargos para o setor público nos ministérios, agências reguladoras, gestor governamental, entre outros.
Conforme dados do Sistema e-MEC, 49 IES oferecem o curso de Bacharelado em Sistemas de Informação no DF.

CARGA HORÁRIA
3840 HORAS

DURAÇÃO
8 SEMESTRES

ESTRUTURA DO CURSO

DADOS GERAIS

Clique para efetuar o download